sexta-feira, 31 de julho de 2015

Lua cheia

Noite de lua cheia.
E também noite dos amantes, dos namorados, das lendas, das crendices e da saudade.
Lua cheia é inspiração para os compositores, é tema para os escritores.
Eu fiz uma longa caminhada pela praia nessa noite de lua cheia e eu não consegui contar os inúmeros casais apaixonados de todas as idades e todos ali, num abraço apaixonado sob a luz do luar.
Mais cedo quando soube da "lua azul" por um breve momento me inspirei e senti o calor da expectativa de um breve abraço, que ficasse apenas e pra sempre somente um abraço...engraçado como em segundos conseguimos imaginar horas, ou só eu sou assim?...enfim, um segundo, um talvez, um abraço...foi só...o segundo passou cortado por palavras que poderiam ter sido outras...porque não falou diferente? Porque algumas coisas não há palavras fáceis ou difíceis. Algumas coisas estão sempre gritando mais alto nas entrelinhas, você ouve ou não.
Outras coisas entendemos de acordo com nosso coração naquele momento.
Simples assim...ou, difícil assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário